Fotografia: Avelino Lima
D. Jorge Ortiga quer Escolas Católicas focadas na sua identidade

Arcebispo de Braga presidiu a encontro de diretores de estabelecimentos escolares católicos

Jorge Oliveira
18 Fev 2020

O Arcebispo de Braga defendeu hoje que a Escola Católica tem que «apostar essencialmente» na sua identidade, e não se «refugiar somente» nos desafios da «existência e da subsistência ou autossustentabilidade».

D. Jorge Ortiga deixou esta ideia num encontro com Diretores e Moderadores de Pastoral das Escolas Católicas presentes na Arquidiocese de Braga, que decorreu no Centro Pastoral da Arquidiocese, tendo como pano de fundo a pergunta “Como propor a identidade com qualidade?”.

O prelado referiu que perante a «complexidade dos problemas» que afetam a Escola e, particularmente a Escola Católica, é preciso uma «reflexão séria e coral» para se poder discernir a identidade e delinear caminhos que manifestem essa identidade.

O encontro contou também com o diretor do Secretariado Nacional da Educação Cristã, Fernando Moita, segundo o qual a Igreja tem uma proposta educativa «muita forte», assente no seu ADN – a mensagem cristã, e por isso quer tornar as suas realidades educativas «muito mais transformadoras».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up