Fotografia: DR

“Xantar” destaca turismo enogastronómico como fator de dinamização do espaço rural

Representantes portugueses participam na sessão inaugural do certame.

Luísa Teresa Ribeiro
5 Fev 2020

A 21.ª edição do Xantar – Salão Internacional de Turismo Gastronómico, que começa hoje e decorre até domingo, na Expourense, em Ourense, na Galiza, destaca a aposta no turismo enogastronómico como fator de dinamização do espaço rural, de geração de riqueza e de fixação de população, ajudando assim a combater o défice demográfico com que estas zonas se confrontam.

Este é um tema importante para a região Minho, que mais uma vez marca presença neste certame, com stands promocionais, restaurantes e diversas atividades de divulgação.

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, o presidente da Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, e o vereador do Turismo de Vila Nova de Famalicão, Augusto Lima, entre outros representantes da região, participam na cerimónia inaugural, hoje, às 12h30 (hora espanhola).

Entre os municípios presentes, está Vila Nova de Famalicão, que aposta na promoção da iniciativa “Dias à Mesa 2020” e no Carnaval. Amanhã é o dia dedicado ao concelho, havendo a apresentação da Estratégia de Turismo de Famalicão e dos principais produtos locais.

Também amanhã, Arcos de Valdevez apresenta três rotas de enoturismo, num evento no stand do concelho, às 17h00, que prevê a degustação de produtos gastronómicos e vinhos locais, incluindo o Charuto dos Arcos, eleito uma das 7 Maravilhas Doces de Portugal. O município preparou um vídeo para apresentar em Ourense.

Vizela volta a marcar presença, tendo a participação do concelho o seu ponto alto no sábado, dia do concelho no Xantar, com a intervenção do presidente, Victor Hugo Salgado; um “showcooking” a cargo do chef Miguel Vieira para divulgação do Bacalhau à Zé do Pipo; e a atuação da Banda da Sociedade Filarmónica Vizelense e do Grupo Os Amigos das Concertinas de Vizela.

Braga tem um stand próprio para a divulgação e degustação de doçaria tradicional, que complementa a ementa do restaurante “Casa Gil”, um dos 15 estabelecimentos do certame, que tem como prato principal o “Bacalhau à Braga”.

Guimarães tem este ano, pela primeira vez, um restaurante no evento.

No programa destaca-se ainda na sexta-feira o dia de Ponte de Lima e no sábado o dia de Esposende. Sexta-feira, às 12h00, no stand de Esposende, é apresentada prova desportiva Transcávado BTT-GPS.





Notícias relacionadas


Scroll Up