Fotografia: Arquivo DM

Vila Verde lidera no bom pagamento e Ponte de Lima no baixo nível da dívida

Dos 24 Municípios dos distritos de Braga e de Viana do Castelo, 11 têm Prazos Médios de Pagamento superiores à média nacional, que é de 28 dias, e 13 são melhores pagadores que a generalidade dos 308 Municípios Portugueses.

Joaquim Martins Fernandes
28 Jan 2020

O Município de Vila Verde regista o melhor Prazo Médio de Pagamento (PMP) a fornecedores entre as 24 Câmaras Municipais do Minho. Já a autarquia de Ponte de Lima possuiu a maior capacidade de endividamento, por força da menor dívida que possui face à receita média que é capaz de gerar.

No lado oposto está o Município de Caminha, que não só tem uma dívida que ultrapassa o limite legal do endividamento, como também é uma das câmaras do país que mais demora a pagar as faturas dos fornecedores.

Um relatório publicado pela Direção-Geral das Autarquias Locais (DGAL) revela que, no final de 2018, a autarquia vilaverdense pagava aos seus fornecedores em 8 dias, que é o PMP mais baixo de todas as Câmaras Municipais dos distritos de Braga e de Viana do Castelo.

O documento faz também saber que o Município de Ponte de Lima tinha, no final de 2018, a maior capacidade de endividamento entre os 24 municípios minhotos. Segundo a DGAL, a dívida total da autarquia limiana era de 4 milhões 650 mil 441 euros e o limite legal de dívida total estava 36 milhões 949 mil 682 euros, o que quer dizer que a capacidade de endividamento era de praticamente 8 vezes o valor da dívida atual.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up