Fotografia: FPA

Portugal termina Euro-2020 no sexto lugar

Portugal despede-se do Euro2012 com um saldo de quatro vitórias -e outras tantas derrotas, numa caminhada em que bateu ‘colossos’ como a França e a Suécia e em que chegou a sonhar com a qualificação para as meias-finais.

Pedro Vieira da Silva/Lusa
25 Jan 2020

A seleção portuguesa de andebol levou o estatuto de equipa sensação do Euro2020 até ao sexto lugar final, a melhor classificação de sempre na prova continental, ao perder hoje por meritório 29-27 com a Alemanha.

O adeus de Portugal a uma competição que não disputava há 14 anos fez-se nos exatos pressupostos em que decorreu a passagem por Noruega e Suécia: jogar ‘olhos nos olhos’ com as melhores equipas europeias, confiar no talento do guarda-redes Alfredo Quintana e no sistema ‘sete contra seis’ para resolver alguns problemas ofensivos.

A derrota no jogo de atribuição do quinto e sexto lugares no torneio, na Tele2 Arena, em Estocolmo, não retira brilho ao desempenho de Portugal, que tinha como ponto alto da participação no Europeu o sétimo lugar alcançado em 2000, na Croácia.

Apesar de ter estado longe de protagonizar a melhor exibição no torneio, Portugal encontrou também uma seleção germânica mais desconcentrada do que a sua reputação sugere, ficando bem patente que o jogo tinha mais importância para a ‘equipa das quinas’ do que para a Alemanha, campeã europeia em 2004 e 2016 e detentora de três títulos mundiais e um olímpico.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up