Fotografia: DM

Quinta Pedagógica mantém crescimento sustentado com os olhos postos no meio milhão de visitantes

No ano passado, pela Quinta Pedagógica de Braga passaram 41.619 pessoas, o que representa um acréscimo de 1.027 relativamente a 2018.

Rita Cunha
21 Jan 2020

No ano passado, pela Quinta Pedagógica de Braga passaram 41.619 pessoas, o que representa um acréscimo de 1.027 relativamente a 2018. Um número que confirma o crescimento sustentado deste espaço e que, desde a sua abertura em 2004, já acolheu 427.317 visitantes. O meio milhão é o próximo objetivo mas, tendo em conta a média de de crescimento, não deverá ser uma realidade já este ano.

«Ao ritmo a que temos crescido dificilmente será em 2020, mas esse número está obviamente muito próximo», considerou o presidente da Câmara Municipal de Braga, hoje, à margem das comemorações do 16.º aniversário, destacando o diversificado leque de atividades desenvolvidas ao longo do ano precisamente com o propósito de alcançar um cada vez maior número de entidades.

Para Ricardo Rio, este crescimento «é testemunho desta nova dinâmica que a Quinta Pedagógica conseguiu desenvolver ao longo dos anos mais recentes, tornando-se num espaço mais aprazível para visita não apenas em contextos educativos ou na ligação a instituições sociais, mas ao comum dos bracarenses que, em família, ali se dirige de uma forma mais regular do que no passado». De salientar, ainda, um número cada vez mais expressivo de visitantes de fora de Braga que «optam por ter este contacto com a natureza e a vida rural».

Falando de projetos a concretizar a curto prazo, o edil acredita que, no decorrer de 2020, será aberto o concurso para o arranque do projeto de expansão da Quinta Pedagógica, o qual permitirá aumentar o número de valências, com destaque para a criação de um picadeiro.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up