Fotografia: CMAV

Acampamento com 2 mil anos a 1416 metros de altitude vai ser escavado

Espaço é conhecido há algum tempo por ter vestígios romanos.

Nuno Cerqueira
17 Jan 2020

A Câmara dos Arcos de Valdevez aprovou a abertura de um procedimento concursal, tendo em vista a realização de uma intervenção arqueológica no sítio do Alto da Pedrada, em pleno Parque Nacional da Peneda Gerês a 1416 metros de altitude, pelo valor base de 11500 euros.

«A presente intervenção decorre da importância e singularidade deste sítio arqueológico, o qual corresponde a um acampamento do período romano ainda muito bem preservado», afirma a Câmara, destacando que «este projeto está integrado num projeto ibérico de investigação dedicado ao estudo das relações estabelecidas entre o exército romano e as comunidades indígenas do Noroeste da Península Ibérica, coordenado pelo arqueólogo João Fonte».

Segundo o Município arcuense «esta intervenção contribuirá para a posterior valorização desta importante estação arqueológica do concelho», e, ao mesmo tempo, «para a dinamização cultural e turística de Arcos de Valdevez».





Notícias relacionadas


Scroll Up