Fotografia: Avelino Lima
Dirigentes das IPSS do distrito de Braga recusam-se a ser tratados como «criminosos»

Novos corpos sociais da UDIPSS tomou posse para o quadriénio 2020-2023

Francisco de Assis
16 Jan 2020

Os novos corpos sociais da União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social de Braga (UDIPSS) tomaram posse hoje e deixaram muitos “recados” ao Governo, mas também aos fiscalizadores.

Na cerimónia que decorreu na “sede”, auditório da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Católica de Braga, os dirigentes garantem que querem ser «cumpridores» das leis, mas recusam-se a ser tratados como «criminosos».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up