Fotografia: DM

Comité Económico e Social Europeu defende reforço do diálogo com os cidadãos

Conferência sobre o Futuro da Europa é uma oportunidade que deve ser aproveitada.

Luísa Teresa Ribeiro
16 Jan 2020

O presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE) defende que a União Europeia deve criar «um mecanismo permanente de diálogo com os cidadãos e com as organizações sociais», de forma a fomentar o seu envolvimento no projeto europeu.

Luca Jahier considera que a mobilização dos cidadãos para as questões europeias é o caminho para estancar o aumento do populismo e dos nacionalismos, que ameaçam o futuro da UE.

Este responsável vê com expectativa a Conferência sobre o Futuro da Europa, cujo formato está atualmente a ser definido. Em seu entender, na preparação desta iniciativa, é preciso usar a máxima «pensar global, agir local». «Não inventem outro mecanismo que obrigue as pessoas a vir a Bruxelas. Se queremos que todos os níveis da nossa sociedade participem nessa conferência, temos que ir aos países onde as pessoas vivem, trabalham, sonham e fazem coisas», declarou.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up