Fotografia: DR

Grupo Folclórico Dr. Gonçalo Sampaio expõe no seu museu 120 presépios

Até ao dia 18 de janeiro.

Rita Cunha
12 Jan 2020

O Museu do Traje do Grupo Folclórico Dr. Gonçalo Sampaio tem patente, até ao dia 18 deste mês, a exposição “O presépio veio ao museu”.
Trata-se de uma mostra que apresenta cerca de 120 presépios oriundos de coleções particulares compostas por pelas adquiridas pelos próprios ou oferecidas por amigos que conhecem a sua paixão.

Com esta exposição, o museu pretende mostrar a beleza e diversidade nos vários presépios expostos oriundos de várias zonas de Portugal e uma pequena representação de outros países.

O presépio de Natal é a representação do nascimento de Jesus Cristo. Historicamente, essa reconstituição remonta a São Francisco de Assis. Para o teólogo, o santo padroeiro dos animais foi o primeiro a montar como teria sido o nascimento do Salvador. Em 1223, na época em que se aproximava o Natal, Francisco teria pedido autorização à Igreja para celebrar a vida de Jesus de “maneira nova e original”.

Naquele período, a instituição católica não permitia representações litúrgicas. No entanto, Assis pediu uma licença da proibição, a qual foi atendida. Então, em Greccio, na Itália, o frade encontrou uma maneira para reconstituir o nascimento do menino Jesus.

O Museu do Traje do Grupo Folclórico Dr. Gonçalo Sampaio fica situado na Rua do Raio. Esta exposição poderá ser visitada no seu normal horário de funcionamento, de terça-feira a sábado, das 14h30 às 17h30.





Notícias relacionadas


Scroll Up