Fotografia: DR

Cruz Vermelha assina contrato para arranque da primeira fase da obra no edifício-sede

JC Group é o empreiteiro.

Rita Cunha
7 Jan 2020

A delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) e a JC Group assinaram ontem o contrato para a execução da primeira fase da obra no seu edifício-sede (na Avenida 31 de Janeiro) e que inclui os trabalhos de demolição de anexos e interior do edifício principal, bem como a vedação periférica e execução da estrutura de contenção de fachadas.

Com um prazo de execução de 90 dias contados da data de consignação da obra, esta primeira fase da empreitada custará 126.000 euros. É ainda acordada «a emissão de fatura donativo humanitário, de 29.988 euros, correspondente a trabalhos e fornecimentos a executar na obra», pode ler-se no documento assinado.

A delegação de Braga da CVP justifica a necessidade de um novo edifício dadas as condições do atual, construído no início da segunda década do século passado e adquirido pela instituição em 1979. Apesar das «pequenas obras» realizadas ao longo dos anos, o edifício «está hoje em más condições, apresentando evidentes sinais de degradação, não oferecendo condições mínimas, quer de atendimento aos utentes, quer de trabalho aos colaboradores».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up