Fotografia: Avelino Lima

UF de Cabreiros e Passos S. Julião deverá ter sede requalificada em 2020

A intervenção profunda do edifício, orçada em cerca de 200 mil euros, será comparticipada pela Câmara Municipal de Braga.

Rita Cunha
3 Jan 2020

A União de Freguesias de Cabreiros e Passos S. Julião deverá arrancar ainda este ano com o projeto de requalificação do seu edifício sede, em estado de degradação, concretizando assim um dos seus principais anseios.

A obra, orçada em cerca de 200 mil euros, assentará numa «intervenção profunda» do edifício e do conceito a ele associado. Segundo o presidente da União de Freguesias, o espaço, que atualmente congrega as coletividades que entretanto dispõem do centro cultural e o salão da Junta passará a ser uma sede da Junta. Trata-se, para José Oliveira da Silva, de «uma mudança de conceito» que permitirá dar «mais usufruto público a um espaço central da freguesia».

Imediatamente a seguir a este projeto, a lista de “desejos” da União de Freguesias de Cabreiros e Passos S. Julião aponta para uma intervenção no adro da capela.

A requalificação do edifício Jardim de Infância de Cabreiros, em frente à capela, é outro dos desejos da Junta de Freguesia a curto prazo.
Segundo o presidente da Junta, trata-se de um «edifício centenário» que, ao longo dos anos, foi sendo alvo de «pequenas remodelações».

«Chegamos a um ponto em que não é possível remodelá-lo mais. É mesmo precisa uma intervenção de fundo que o torne funcional e confortável para as cerca de 50 crianças que o frequentam», vincou.

Para Ricardo Rio, o arranjo do adro da capela e a intervenção no JI (ver caixa) são para concretizar «até ao final do mandato».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up