Fotografia: Avelino Lima

Aldeia de Urjal transforma-se em presépio vivo e sustentável

A pequena aldeia de Urjal, na freguesia de Seramil, em Amares, está transformada num presépio vivo e sustentável.

Rui de Lemos
28 Dez 2019

Tudo começou há três anos, com o objetivo de combater a desertificação e atrair visitantes para a pequenina aldeia de montanha, encaixada nas encostas da serra de Santa Isabel e do monte da Abadia.

A “Urjalândia” foi a fórmula encontrada pela União de Freguesias de Vilela, Seramil e Paredes Secas, em parceria com a Câmara Municipal de Amares e a ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem Cávado e Ave, para oferecer uma experiência única e diferenciadora onde os visitantes podem permanecer e desfrutar da experiência de viver em contacto directo com o genuino mundo rural.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up