Fotografia: DM

Património classificado de Braga tem 8 milhões para requalificação

Orçamento da Câmara de Braga.

Joaquim Martins Fernandes
27 Dez 2019

Num ano em que os cofres municipais reservam ao Pelouro da Cultura da Câmara de Braga um orçamento de 14 milhões 924 mil euros, a recuperação do património classificado vai estar no centro dos investimentos camarários.

São 8 milhões e 100 mil euros destinados a trabalhos de requalificação, conservação e beneficiação de edifícios culturais, sendo que as intervenções estendem-se ao restauro e musealização de património arqueológico romano, que será disponibilizado para visitação.

Para a área da promoção e da dinamização cultural, o Pelouro tutelado pela vereadora Lídia Dias reserva um financiamento de 6 milhões 817 mil euros, montante que cobre o contrato-programa com o Theatro Circo (1 milhão 3345 mil euros) e a atribuição de apoios financeiros às mais diversas coletividades culturais do concelho, que vão receber 2 milhões e 400 mil euros dos cofres municipais.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up