Fotografia: CMVC

Navio Hospital Gil Eannes atinge o milhão de visitas

Fundeado há 22 anos em Viana do Castelo.

Redação / NC
16 Dez 2019

O navio Gil Eannes, fundeado há quase 22 anos na antiga doca comercial de Viana do Castelo com funções de museu, atingiu hoje o visitante um milhão.

Para assinalar o momento, o presidente da Câmara de Viana do castelo e também a Fundação Gil Eannes entregaram uma placa comemorativa do evento, assim como algumas lembranças sobre o navio, sublinhando que «aquele espaço é um local de memórias para a comunidade vianense e que o Gil Eannes é um marco turístico e histórico da cidade e da região».

O Navio Hospital Gil Eannes, construído em Viana do Castelo nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, iniciou a sua atividade como hospital em 1955, apoiando durante décadas a frota bacalhoeira portuguesa que atuava nos bancos da Terra Nova e Gronelândia.

Foto: Nuno Cerqueira

Desativada a frota bacalhoeira, ficou a apodrecer nas docas de Lisboa, durante muitos anos.

Em 1998, a Fundação Gil Eannes, considerando-o património cultural e afetivo da cidade, resgatou-o da sucata por cerca de 250 mil euros, após uma inédita campanha que envolveu todos os estratos sociais vianenses. A 31 de janeiro de 1998 foi recebido festivamente na Foz do Lima onde, depois de limpo e restaurado, foi aberto ao público, assumindo-se como polo de atratividade para Viana do Castelo.

Desde que o Navio Gil Eannes foi colocado em exposição na antiga doca comercial de Viana do Castelo, a Fundação Gil Eannes tem tido como objetivo transformar o navio num espaço museológico, contribuindo deste modo para o desenvolvimento cultural, turístico e científico, especialmente em áreas relacionadas com o mar.





Notícias relacionadas


Scroll Up