Fotografia: DR

Pastoral Penitenciária de Braga convida jovens a escrever a reclusos no Natal

Projeto “Um postal, uma esperança” visa aproximar jovens das pessoas privadas de liberdade

Redação
28 Nov 2019

Aproximar os jovens dos reclusos que se encontram nos Estabelecimentos Prisionais de Braga e Guimarães é o propósito do projeto da Pastoral Penitenciária de Braga “Um postal, uma esperança”, que decorrerá no período natalício.

Para isso, cada jovem é convidado a escrever um postal de Natal a uma pessoa privada de liberdade, devendo «imaginar-se recluso para que a missão seja bem sucedida», explica o coordenador da Pastoral Penitenciária de Braga, o padre João Torres, pároco de Priscos.

A pastoral Penitenciaria disponibiliza os postais e o respectivo envelope, que foram doados pela Associação Portuguesa Amigos de Raoul Follereau (APARF), para a troca de correspondência entre jovens e reclusos.

A correspondência deve ser enviada até ao dia 20 de Dezembro.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up