Vídeo: Nuno Cerqueira

Uma viagem pelas sensações.

Nuno Cerqueira
23 Novembro 2019

Abriu ao público o “Estúdio das Artes”. Um projeto inclusivo que através das artes proporciona a 44 utentes da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) da delegação de Ponte de Lima uma inclusão informal e de portas abertas a todos.

 

Valorizar a integração na comunidade limiana um conjunto de utentes portadores de deficiência pode ser, num olhar comum, o principal objetivo do “Estúdio das Artes”. Mas é muito mais que isso.

 

Os barcos e aviões de papel espalhados pela antiga Escola da Avenida convidam a uma viagem diferente. Pela inclusão através das artes com peças que atravessam o imaginário de quem é diferente, mas que não deixa de ser igual.

«Isto é um sonho tornado realidade. Não queremos que as pessoas entrem aqui e que comprem uma peça para ajudar. Queremos que comprem porque valorizam e gostam de peça que estão a ver. O Estúdio é um convite a todos. Que venham experimentar as sensações da visão, tato e do paladar, num Estúdio que é também tem um espaço de todos», apontou ao Diário do Minho Conceição Cunha, responsável da delegação da APPACDM de Ponte de Lima.

Arte em madeira, pintura, reinvenção de peças do dia a dia, barro, imobiliário, têxtil, de tudo um pouco se encontra no Estúdio das Artes.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]


Outros Vídeos

Scroll Up