Fotografia: CMG

É caso único no país. Guimarães tem assistente de língua gestual no ‘site’ do município

Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa.

Redação / NC
15 Nov 2019

A Câmara de Guimarães dispõe de uma nova tecnologia, com o objetivo de incrementar acessibilidade às plataformas web do Município.

Ao assinalar o Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa, esta sexta-feira, 15 de novembro, é implementado o “Avatar de Língua Gestual Portuguesa” no site do Município de Guimarães.

«Trata-se de uma tecnologia pensada, em particular, para ajudar as pessoas com deficiência ao nível da comunicação», refere a autarquia em comunicado do Diário do Minho.

Segundo as estatísticas, em Portugal existem mais de 115 mil pessoas com deficiência auditiva, dos quais 30 mil são considerados surdos e que cerca de 80% dos surdos têm uma educação insuficiente ou problema de literacia, fazendo com que apenas 2.5% dessas pessoas tenham capacidade de leitura condizentes com a idade.

O vereador da Divisão de Sistemas Inteligentes e de Informação, Ricardo Costa, destaca a preocupação em «modernizar os serviços para servir mais e melhor o cidadão».

«Com esta iniciativa inovadora ajudar a quebrar barreiras. Mais uma vez Guimarães está na linha da frente do que melhor se faz, apresentando uma solução inovadora e inclusiva, o portal do Município de Guimarães como o primeiro site autárquico que disponibiliza um avatar de Linguagem Gestual Portuguesa que faz tradução automática de todos os textos», sublinhou.

Para experimentar esta nova funcionalidade, o utilizador deve sublinhar o texto pretendido e clicar no ícone da barra de ferramentas, do lado direito do site.





Notícias relacionadas


Scroll Up