Fotografia: BVV
Ovelhas em fuga caem em ravina mas são salvas pelos Bombeiros de Vizela

Os caprinos fugiam de matilha de cães.

Nuno Cerqueira
8 Nov 2019

Os Bombeiros Voluntários de Vizela (BVV) resgataram quatro ovelhas que caíram num barranco, cheio de silvado, com mais de cinco metro de altura. O resgate demorou quase três horas.

O episódio aconteceu na freguesia de Gandarela.

As ovelhas, que se encontravam a pastar, foram surpreendidas por um ataque de cães, alegadamente, vadios.

Em fuga, as ovelhas acabaram por se dirigir para um local que poderá ter sido confundido com um monte, mas não passava de um silvado com mais de cinco metros de profundidade.

«O pequeno rebanho de oito ovelhas que se encontrava no pasto, como habitualmente, foi atacado por uma matilha de cães vadios que as obrigou a fugir caindo numa ravina com cinco metros de altura, ficando quatro delas encurraladas no meio das silvas», confirmaram ao Diário do Minho os BVV.

Um dos caprinos ficou mesmo com alguns ferimentos.

«O terreno de difícil acesso, vegetação alta e declive muito acentuado, foram alguns dos obstáculos que tivemos que enfrentar. A intervenção dos bombeiros foi solicitada pelo proprietário e realizamos o resgate», disseram os BVV.

No local teatro de operações estiveram sete operacionais apoiados por duas viaturas, sendo que os trabalhos de resgate demoraram quase três horas.

A autoridade tomou conta da ocorrência.





Notícias relacionadas


Scroll Up