Fotografia: Jorge Oliveira
Santuário de S. Bento «é um braseiro para acender o fogo da esperança»

Padre Manuel Morujão presidiu à celebração de abertura do ano pastoral.

Jorge Oliveira
6 Out 2019

O padre Manuel Morujão, s.j. exortou hoje os cristãos, no santuário de São Bento da Porta Aberta, em Terras de Bouro, a seguirem o plano pastoral da Arquidiocese de Braga que este ano convida a “Levantar-se e semear Esperança”.

«Sede semeadores de esperança, saí com vitaminas de esperança para animardes mais aqueles que encontrardes. Não podemos nunca desanimar de viver na esperança, de despertar a esperança, de semear esperança», convidou o Vigário Episcopal para a Vida Consagrada.

Aos peregrinos de S. Bento, o padre Manuel Morujão disse que o santuário está sempre aberto para acolher todos aqueles que querem fazer as suas promessas, as suas devoções, mas depois não devem «ficar parados».

«Aqui é um braseiro para acender o fogo da esperança», assinalou.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]

 





Notícias relacionadas


Scroll Up