Fotografia: Jorge Oliveira
Ponte de Lima honrou Senhora das Dores no fecho das Feiras Novas

Procissão, esta tarde, percorreu o trajeto habitual com as ruas apinhadas de gente

Jorge Oliveira
9 Set 2019

Ponte de Lima viveu hoje  um momento de apoteose com a grandiosa procissão em honra de Nossa Senhora das Dores, a padroeira das Feiras Novas, que atraiu às ruas do centro histórico da vila milhares de pessoas do concelho e de outras localidades.

O último dia das festas do concelho foi reservado às solenidades religiosas em honra da Senhora das Dores e os limianos fizeram questão, uma vez mais, de honrar com toda a dignidade a padroeira das Feiras Novas, participando na missa solene, de manhã, e acompanhando a procissão, da parte de tarde, numa expressão de fé e devoção à Senhora.


O cortejo religioso percorreu algumas das principais ruas da mais antiga vila de Portugal e incorporou mais de 200 figurantes, distribuídos por 12 quadros bíblicos, além dos habituais andores com as imagens do beato limiano Francisco Pacheco, da Santa Maria dos Anjos (padroeira da vila), do Nosso Senhor dos Aflitos e da Nossa Senhora das Dores.

À margem da procissão, a presidente da Comissão de Festas disse que a proibição do lançamento de fogo de artifício no fim de semana prejudicou as festas, porque a afluência de visitantes diminuiu.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]




Notícias relacionadas


Scroll Up