Fotografia: DR
Centenário do escutismo católico nacional arranca com a JMJ em 2022

CNE quer «acolher jovens de todo o mundo com uma cor escutista»

Redação
24 Ago 2019

O Corpo Nacional de Escutas (CNE) está a preparar um plano de comemorações para assinalar os 100 anos de existência, em 2023, que tem arranque previsto um anos antes, aquando da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em Lisboa.

Para os escuteiros católicos, as JMJ em Lisboa são a ocasião ideal para o arranque das comemorações do primeiro centenário do escutismo católico português, e nesse sentido pretendem enviar o referido plano às Regiões escutistas às dioceses, e também ao Patriarcado de Lisboa na qualidade de anfitrião do grande encontro mundial de jovens católicos, em 2022.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up