Fotografia: DM

RIR quer dar voz aos descontentes e lutar pelo serviço nacional veterinário

O presidente do RIR, Tino de Rãs, e o cabeça de lista por Braga, Diogo Dias Reis, estão confiantes de que vão eleger deputados por Braga

Carla Esteves
23 Ago 2019

Dar voz aos jovens e aos descontentes foi a promessa que o Partido Reagir Incluir Reciclar (RIR) fez hoje de manhã, quando formalizou no Tribunal da Comarca de Braga a sua lista de candidatos. Entre as causas que o partido promete abraçar destaca-se a do ambiente, defendendo o «voto das árvores», o serviço nacional veterinário e o combate à abstenção e à corrupção.


O presidente do RIR, Vitorino Silva, conhecido como Tino de Rãs, defendeu que «os descontentes contam» e que «precisam de uma voz alternativa», e apresentou o RIR como um partido inclusivo.  «Cabemos todos. Eu posso dizer que é a primeira vez que vamos a votos e uma coisa que eu tenho a certeza é que o nosso quadradinho vai ser do tamanho dos outros quadradinhos», avançou Tino de Rãs, pedindo que não debatam apenas com os partidos maiores e que «não tratem o RIR por  "outros" porque o partido tem nome». [Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]




Notícias relacionadas


Scroll Up