Fotografia: Avelino Lima

Bispo de Viana critica políticos que esquecem suor dos pescadores

A imagem da Senhora da Agonia “navegou” hoje no meio de um mar de gente antes de ser embarcada no “Santa Luzia do Monte” para ser levada até à barra de Viana do Castelo.

José Carlos Ferreira
20 Ago 2019

Gente que se juntou nas ruas por onde passou a procissão presidida pelo Bispo de Viana do Castelo que deixou sérias críticas a quem governa o país e conduziu o processo para a instalação de uma central eólica no mar e não ouviu os pescadores.

«Seria incompreensível, inadmissível para Ti e para todos aqueles que recorrem a ti ver responsáveis pelos destinos e bem deste país subirem a Viana para deitarem umas pitadas de sal nos tapetes que se extendem ao longo das casas destes pescadores e, simultaneamente, esquecerem o sal que corre com as lágrimas dos olhos destes homens e mulheres, e o sal que se mitura com o suor do seu corpo, com o qual trabalham para obter aquilo de que precisam», disse.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up