Fotografia: DR

Trotinetes elétrica já “rolam” em Braga

Utilizadores devem fazer download da app ´ Circ – Trotinetes Elétricas´

Redação / NC
19 Ago 2019

A partir de hoje, dia 19 de Agosto, está em funcionamento o sistema de alugar de trotinetes eléctricas partilhadas em Braga.

O Município procedeu à conversão de lugares de estacionamento automóvel por toda a cidade em lugares de estacionamento para trotinetes e também bicicletas.

Cerca de 25 destes lugares já são visíveis em toda a cidade, sendo que o total será de 90.

O serviço de partilha, cuja gestão é da responsabilidade da empresa CIRC, permite aceder com facilidade a uma trotinete eléctrica.

«Basta para isso fazer o download da aplicação ´Circ – Trotinetes Elétricas´ no Google Play ou na App Store, criar uma conta e ter um cartão de crédito associado. Através da app pode desbloquear a trotinete eléctrica que pretende utilizar e efectuar todos os pagamentos necessários. As trotinetes estão equipadas com sistema de geolocalização», lê-se em nota da Câmara de Braga.

Foram definidas ´Zonas Vermelhas´ na Cidade (identificadas nas app da operadora), havendo uma redução da velocidade máxima da trotinete nas proximidades desses locais e o bloqueio das rodas no interior das áreas assinaladas como de “circulação proibida”. Estas zonas foram definidas no sentido de salvaguardar a segurança dos utilizadores vulneráveis, estejam eles a utilizar a trotinete, sejam eles peões. As zonas inicialmente definidas como Zonas Vermelhas são: Rua Dom Diogo de Sousa, Rua do Souto, Rua Dom Paio Mendes, Rua Dom Gonçalo Pereira, Rossio da Sé, Rua da Misericórdia, Rua Eça de Queirós, Rua Dr. Justino Cruz, Rua Francisco Sanches, Rua de Janes, Rua de S. Marcos, Avenida da Liberdade, Rua Dr. Gonçalo Sampaio, rodovia e circular urbana.

A empresa CIRC implementou ainda uma política de incentivo ao cumprimento das regras de estacionamento, através da devolução de 50% do valor de desbloqueio, caso o utilizador cumpra o estacionamento nos espaços definidos para o efeito.

O Município de Braga tem vindo a recolher informações sobre as características do serviço e as suas mais-valias. Assim, tendo presentes as boas práticas na utilização das trotinetes eléctricas, foram definidas regras a aplicar aos serviços de partilha que o Município considerou essenciais à minimização dos riscos inerentes à circulação destes veículos.

 





Notícias relacionadas


Scroll Up