Fotografia: DM

Artistas de palmo e meio enriquecem património de S. Bentinho

Abertura da Romaria marcada por mostra de trabalhos de crianças de Terras de Bouro.

Rui de Lemos
13 Ago 2019

O primeiro dia da Romaria em honra de S. Bento da Porta Aberta ficou, ontem, marcado pela inauguração e mostra de cerca de uma centena de trabalhos artísticos concebidos pelas crianças que frequentam os ATL de Terras de Bouro.

Os artistas de palmo e meio ilustraram pratos e sardinhas de porcelana com motivos alusivos ao S. Bentinho e ao Parque Nacional da Peneda-Gerês, que passam a decorar e valorizar o património da Irmandade.

De há cinco anos a esta parte, fruto de uma parceria institucional entre a Irmandade de S. Bento da Porta Aberta e a Câmara Municipal de Terras de Bouro, as crianças que frequentam as denominadas “Oficinas de Verão” de Terras de Bouro são desafiadas a conceber obras artísticas alusivas ao S. Bentinho.

Algumas das “obras de arte” já decoram o acesso à cripta do Santuário e, ontem, uma nova “remessa” passou a estar visível no espaço do Bar e na parede do hall de entrada do novo Alojamento Local de S. Bento da Porta Aberta.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up