Fotografia: Ana Marques Pinheiro

Bracarenses preparam-se para greve nos combustíveis

Os bracarenses estão a preparar-se para a possibilidade de haver greve dos motoristas, com uma grande afluência aos postos de abastecimento e a colocação de mais combustível que o habitual.

Ana Marques Pinheiro
9 Ago 2019

O Minho tem 29 bombas de combustível que pertencem à rede estratégica designada pelo Governo. Tratam-se de postos de combustível onde o serviço estará assegurado a 100%, mas limitado a 15 litros por viatura.

O Diário do Minho visitou onze postos de combustível na cidade de Braga, onde foi possível verificar a grande afluência de viaturas aos postos.

Perante a possibilidade de greve os bracarenses têm optado por colocar mais combustível que o habitual.

«Nesta última semana tem-se notado um aumento de vendas. As pessoas estão a preferir atestar as viaturas», disse o responsável pelo posto de abastecimento de combustível Galp de Celeirós, Miguel Pereira.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up