Vídeo: Nuno Cerqueira

O concelho de Esposende, em Fão e Apúlia, apresentou ontem três festivais com quase 15 dias de programação.

Nuno Cerqueira
26 Julho 2019

 

É proclamado como “o maior festival do marisco a norte do país” e este ano apresenta duas novidades: uma competição internacional de cubo mágico e responsabilidade ambiental com copos de plástico que podem voltar a ser utilizados.

O presidente da união de freguesias de Apúlia e Fão, Luís Peixoto, apresentou , junto aos Socorros a Náugrafos da Vila de Apúlia, concelho de Esposende, as edições deste ano das “15ªJornada Gastronómica” de Apúlia, “23ª Festa da Cerveja e Marisco” de Fão e, por fim, a “22ª Feira de Artesanato” também de Fão.

No total são quase 15 dias de programação tendo este ano como novidade preocupações ambientais, onde o tradicional copo de plástico para a bebida é substituído por um para ser reutilizado.

A outra das novidades é a apresentação de uma competição internacional de “Cubo Mágico” que vai decorrer no dia 17 de agosto na “Festa da Cerveja e do Marisco” de Fão que decorre de 10 a 19 de agosto junto ao Bom Jesus de Fão e que tem incluído uma feira de artesanato com 35 expositores.

O primeiro certame é já entre os dias 2 e 7 de agosto e terá lugar “numa esplanada sobre o mar” junto aos Socorros a Náufragos em Apúlia: a décima quinta “Jornada Gastronómica”.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]


Outros Vídeos

Scroll Up