Vídeo: Nuno Cerqueira

Alfombras Internacionales de Arte Efimero.

Nuno Cerqueira
26 Julho 2019

 

Desde há uma semana que várias dezenas de pessoas se juntam numa garagem de Belinho, concelho de Esposende, para preparar a participação, pela primeira vez, em festival internacional de “alfombras”, ou seja, de tapetes em flores, que se realiza em Bueu, na Galiza, Espanha, nos dias 27 a 28 deste mês.

«É um orgulho para nós, pois estamos a levar um pouco do que fazemos no Senhor dos Enfermos a um festival internacional», refere ao Diário do Minho o presidente da união de freguesias de Belinho e Mar, Manuel Eiras Martins Abreu, destacando que a participação no festival «vai trazer mais turistas a conhecer Belinho».

Já Renato Torres, uma espécie de coordenar, diz que o tema da mostra, que vai juntar países como Índia, China, Japão, México, Bélgica, entre outros, é o Caminho das Estrelas de Santiago.

«Juntamos todos lugares que fazem tapetes no Senhor de Enfermos para construirmos uma ideia e apresentar à organização. Agora estamos na fase de montar este molde. Pois vai tudo em peças», frisa Renato Torres, acrescentando ainda que os azulejos foram todos «pintados à mão» e envernizados numa estufa da mecânica de Filipe Moreira.

«Isto é tudo peça a peça. Os azulejos foi todos com números para lá serem montados», explica Filipe Moreira, enquanto mostra dois pedacinhos guardados no bolso.

A associação “Alfombras Internacionales de Arte Efimero” é a organizadora do festival, que vai para a quarta edição e que pela primeira vez terá Portugal representando, com as delegações de Esposende e Viana do Castelo.

 

 

 


Outros Vídeos

Scroll Up