Fotografia: Nuno Cerqueira
Arrendamento acessível na Casa das Convertidas? A AM diz «não, obrigado»

PS ainda não está convencido e admite que tem que conhecer melhor o espaço.

Nuno Cerqueira
22 Jul 2019

A CDU, CDS-PP e o PSD/PPD fizeram aprovar na Assembleia Municipal de Braga três recomendações ao Governo que o objetivo de retirar o recolhimento da Casa das Convertidas da lista de edifícios que o Estado quer colocar como disponíveis para o Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado (FNRE).

Como noticiado em primeira mão na edição online do Diário do Minho, o Governo quer colocar a Casa das Convertidas num Plano de Reabilitação de Património Público para Arrendamento Acessível, situação que deixou em “choque” a direita em Braga e a CDU por considerarem que «o monumento de interesse público não tem características para vir a ser colocado no mercado de arrendamento habitacional».

Já o PS, pela voz do Pedro Sousa, referiu que não tem «os conhecimentos técnicos» para deliberar sobre a retirado da Casa das Convertidas do FNRE e afirmou que sobre a matéria o Ministro das Infra-Estruturas e da Habitação,Pedro Silva Pereira, vai estar em Braga para “in loco” conhecer a casa.

O presidente da Câmara de Braga, em declarações à imprensa, vai aproveitar a presença do governante para recordar a proposta de permuta que a CIM Cávado quer realizar, ou seja, a troca do edifício das Convertidas e de outros imóveis do Estado pelo Palácio dos Biscainhos e desta forma dar início ao processo de reabilitação das Convertidas.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up