Fotografia: DR

Tudo pronto para a 15.ª edição do Souto Rock

De 11 a 13 de julho

Redação / NC
10 Jul 2019

O Souto Rock está de regresso entre 11 e 13 de julho para a 15.ª edição. Putan Club, Solar Corona e Mr. Gallini são algumas das bandas que compõem o cartaz do festival mais antigo da cidade. Todas as receitas angariadas com o festival revertem a favor da escola de ciclismo da Associação Cultural e Recreativa de Roriz.

Na quinta-feira, o festival arranca no Largo do Apoio, no centro histórico de Barcelos. Este “warm-up” está a cargo de Manuel Melo, radialista local e autor de um dos programas de rádio mais antigos do país – Sinfonias de Aço, na Rádio Barcelos. Manuel Melo vai fazer um dj set especial para celebrar a 15.ª edição, em que só irão tocar músicas gravadas ao vivo pelo próprio durante o Souto Rock.

Já na sexta-feira, o festival regressa ao Largo do Souto, em Roriz. Insdomena, Quadra, Johnny Sem Dente & os Jatfodo e Solar Corona sobem a palco na segunda noite de festival, que termina com o dj set da dupla local Bubaloo’s.

O último dia de Souto Rock arranca durante a tarde, com os barcelenses Burney Relief e DJ Vassouras. Os espetáculos realizam-se na Poça da Veiga, em Roriz, um espaço de natureza que recebe concertos pela primeira vez.

À noite, o rock volta ao quartel general. O Largo do Souto recebe Mr. Mojo, Gator, the Alligator, Mr. Gallini & the Eggz e Putan Club. A festa termina ao som de um dj set conduzido por Lovers&Lollypops e Dedos Bionicos.

Festival vai angariar fundos para escola de ciclismo

Os fundos angariados com o evento revertem a favor da formação de jovens ciclistas que integram a escola da Associação Cultural e Recreativa de Roriz, entidade que organiza o festival desde 2005. Este clube formador da freguesia de Roriz, concelho de Barcelos, reúne mais de 60 atletas, desde os 6 aos 18 anos.

A escola é uma referência nacional na formação de ciclistas e presta um importante contributo na promoção do desporto e de valores entre os mais novos, tendo, em 2015, obtido o Estatuto de Utilidade Pública.

É uma escola que incentiva à prática da modalidade desde 1995 e que já formou importantes nomes do pelotão internacional como o campeão nacional José Gonçalves (Katusha-Alpecin), que compete no UCI World Tour, a mais importante competição deste desporto e que vai correr o Tour de France 2019. O vice-campeão nacional de estrada de contra-relógio, Domingos Gonçalves (Caja Rural), também foi formado neste clube de Roriz, assim como João Matias (Vito-Feirense-Pnb), que recentemente representou Portugal nos Jogos Europeus, disputados em Minsk.





Notícias relacionadas


Scroll Up