Fotografia: Jorge Oliveira
Santana Lopes considera «erro crasso» o Estado assumir a gestão do Hospital de Braga

Líder do partido Aliança defende novo contrato de Parceria Público-Privada

Jorge Oliveira
10 Jul 2019

O presidente do partido Aliança defendeu hoje que o Hospital de Braga deve continuar a ser gerido através de um contrato de Parceria Público-Privada (PPP) porque isso traz vantagens, quer para os doentes quer para o Estado.

«Acho absolutamente incompreensível e um erro crasso de dimensões difíceis de estimar ainda que este hospital deixe de funcionar neste regime», disse o dirigente partidário após a sua primeira visita ao Hospital de Braga, ainda gerido pelo Grupo José de Mello Saúde. A PPP acaba no fim do mês de agosto.

Pedro Santana Lopes esteve acompanhado por Luís Cirilo, cabeça de lista da Aliança por Braga, e por Marta Ribeiro, coordenadora do partido em Braga. A comitiva encontrou-se com a Administração do Hospital, com responsáveis clínicos, pessoal médico e de enfermagem e auxiliares.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]




Notícias relacionadas


Scroll Up