Fotografia: Nuno Cerqueira

Vereador José Morais “reforça” importância da Via Mariana para Vila Verde

Vereador quer mais atenção da Câmara de Vila Verde para esta via no norte do concelho.

Nuno Cerqueira
6 Jul 2019

O vereador socialista da Câmara de Vila Verde reforçou a importância da Via Marina para o concelho. A propósito da receção de um grupo de peregrinos daquela via na Portela do Vade, José Morais destacou o potencial turístico do percursos que atravessa as terras vila-verdenses.

«É um percurso lindíssimo, à disposição dos peregrinos, pronto para ser trilhado, que passa por várias freguesias do Concelho de Vila Verde e é mais um exemplo do potencial turístico que a nossa terra tem», frisou, avançando ainda que «fator de atratividade de pessoas e que ajuda a promover o comércio de zonas como o centro da Portela do Vade».

«A autarquia deve promover a correta sinalização do percurso, limpar as bermas e o mato que em alguns casos praticamente impede a passagem e promover o albergue de Goães junto destes peregrinos e da associação Via Mariana Luso-Galaica como ponto de acolhimento e dormida», apontou o vereador, revelando ainda «uma triste sensação».

«A estratégia de desenvolvimento do norte do Concelho de Vila Verde deve estar ancorada no turismo, mas fico com a triste sensação de que ainda há muito para fazer nesta matéria», vaticinou.

A Via Mariana é um percurso pedestre que liga a Basílica do Sameiro – Braga, ao Santuário da Virgem da Barca, em Muxia – Espanha, com passagem por cerca de uma dezena de santuários marianos do Minho e da Galiza num um caminho com 382 quilómetros, “guiado” pelos santuários e desbravado pelo interior profundo e desertificado.

 





Notícias relacionadas


Scroll Up