Vídeo: Nuno Cerqueira

PJ esteve no local.

Nuno Cerqueira
1 Julho 2019

Cadáver em avançado estado de decomposição foi encontrado ao final da noite de ontem na Restinga de Ofir, na Vila de Fão concelho de Esposende.

Segundo apurou o Diário do Minho, tudo aponta para que seja José Alexandre Lopes, o homem de 69 anos de idade dado como desaparecido a 30 de maio em Fão.

No local esteve mesmo um cunhado da vítima que reconheceu o corpo, assim como um filho visivelmente transtornado.

A Polícia Judiciária de Braga foi chamada ao local para efetuar várias diligências, nomeadamente para afastar um eventual cenário de crime.

O corpo do sexagenário estava no meio da vegetação da restinga, numa zona de duna primária no Parque Natural do Litoral Norte a sul das torres de Ofir.

GNR de Esposende, juntamente com a Polícia Marítima, montaram um perímetro de segurança e o delegado de saúde foi chamada ao local para declarar o óbito.

Os Bombeiros Voluntários de Fão estiveram no teatro de operações, assim como os Bombeiros Voluntários de Esposende que removeram o cadáver, já ao início da madrugada de hoje, e o transportaram para o Instituto de Medicina Legal do Hospital de Viana do Castelo.

 

 


Outros Vídeos

Scroll Up