Fotografia: DM

Liga Portuguesa Contra o Cancro entregou bolsa a aluna da UM para projeto inovador

Investigação pode levar a tratamentos de cancro da mama que não tem cura atualmente

José Carlos Ferreira
27 Jun 2019

A Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte, entregou hoje a Sofia Pinto, aluna de mestrado da Escola de Medicina da Universidade do Minho, uma bolsa de 12 mil euros para a investigação de um tratamento inovador para o cancro da mama.
Aos jornalistas, a jovem investigadora explicou que o seu trabalho consiste em «encontrar uma nova estratégia terapêutica de forma a solucionar os problemas e os efeitos colaterais associados às terapias existentes atualmente». No fundo, explicou, trata-se de uma terapia dirigida apenas às células cancerígenas de maneira a que as restantes células do nosso organismo não sejam afetadas, o que não acontece atualmente com a quimioterapia e a radioterapia.

<span class=”credit_foto_editor_part2″ style=”color: #7e2320 !important; font-size: 10pt;”>[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]</span>





Notícias relacionadas


Scroll Up