Vídeo: Nuno Cerqueira

São João de Braga.

Nuno Cerqueira
24 Junho 2019

 

É considerado o mais antigo de Portugal. O São João de Braga saiu à rua (ver fotogaleria) e este ano teve a presença do Presidente da República (PR).

Natural do Minho e bem conhecedor da tradição sanjoanina de Braga, Marcelo Rebelo de Sousa disse que «veio matar saudades do tempo de juventude».

«Este ano tinha falta injustificada. O ano passado faltei justificadamente por razoes de saúde, mas este ano cumpri a promessa e venho recordar os meus tempos de juventude», disse ao Diário do Minho, mesmo no meio de mais um quebra de protocolo, pois o PR tinha hora marcada para comparecer às 21hoo, mas decidiu aparecer mais cedo e até assou sardinhas numa das tradicionais barraquinhas de São João a pouco metros da capela do santo.

O jantar foi feito em companhia de várias personalidades, incluindo o Arcebispo de Braga, Jorge Ortiga, e o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio.

Marcelo Rebelo de Sousa, e já na presença de mais jornalistas, afirmou que nos Santos Populares as questões políticas «não são importantes»

Pelo meio de selfies, conversas e muita “martelada”, o PR demorou quase hora e meia a para subir os três degraus de acesso à mesa onde jantou, mais de duas horas para atravessar a “ponte” de São João.

«Eu não vinha a Braga no S. João há uns 15 ou 20 anos. Vejo mais gente, mais gente de fora, mas já não vinha há uns 15 ou 20 anos. Esta é uma romaria que impressiona um autêntico mar de gente», disse, dando conta da presença de mais de meio milhão de pessoas na avenida da Liberdade, onde Marcelo Rebelo de Sousa andou noite dentro e assistiu ao fogo de artifício solto do Monte Picoto.


Outros Vídeos

Scroll Up