Fotografia: Rui de Lemos

Guimarães quer 80 por cento da população com parque verde

Um objetivo «muito ambicioso», mas que está a ser percorrido a passos largos.

Rui de Lemos
22 Jun 2019

A comemorar os feitos de D. Afonso Henriques em S. Mamede, em 1128, hoje a batalha de Guimarães é outra: «é uma batalha verde». O caminho começou a ser percorrido em 2013 e o presidente do Município, Domingos Bragança, mantém a rota de construir um território ecologicamente sustentável que seja referência para a Europa.
Tal como D. Afonso Henriques travou uma batalha por um sonho e construiu um país também o presidente da Câmara de Guimarães, apesar das dificuldades e percalços, não desiste de tornar o concelho mais verde. «Um dos sonhos de Guimarães é o desenvolvimento sustentável e a defesa do ambiente. Iniciamos isto em 2013 e, na altura, muitos diziam que isso era uma impossibilidade, mas o caminho mostra que estamos certos», sublinhou Domingos Bragança, ontem, na inauguração das infraestruturas de apoio ao Parque de Lazer de Lordelo.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up