Fotografia: Avelino Lima

Poluição do rio Torto no centro das preocupações em visita à ETAR de Frossos

A iniciativa foi organizada pela CIM Cávado,a Agere e a Câmara Municipal de Braga.

Rita Cunha
17 Jun 2019

A poluição do rio Torto, em Frossos, esteve no centro das preocupações manifestadas pelos numa visita à Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Frossos por alguns moradores.

A ação foi orientada por uma técnica da Agere, que ouviu os anseios dos presentes. A passagem do ponto de descarga dos resíduos para o Rio Cávado foi uma das soluções apontada. Porém, para Ana Carvalho, da CIM Cávado, a proposta não constitui uma solução mas antes a transferência de problemas de um rio para outro, o que trará problemas a montante.

A visita, no âmbito da 5.ª edição do projeto “AQUA Cávado: o rio que nos une”, promovido pela CIM Cávado e a Agência de Energia do Cávado, estendeu-se ainda à ETA de Palmeira.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up