Fotografia:

Putan Club, Solar Corona e Mr. Gallini no Souto Rock 2019

Entre 11 e 13 de julho para a 15.ª edição em Roriz, Barcelos.

Nuno Cerqueira
31 Mai 2019

O Souto Rock está de regresso entre 11 e 13 de julho para a 15.ª edição em Roriz, Barcelos.

Putan Club, Solar Corona e Mr. Gallini são algumas das bandas que compõem o cartaz já divulgado e cujo as receitas angariadas «revertem a favor da escola de ciclismo da Associação Cultural e Recreativa de Roriz, uma associação formadora com mais de 60 atletas entre os 6 e os 18 anos», destacou ao Diário do Minho a organização através de Leonel Miranda.

O festival, que se realiza desde 2005, é o mais antigo da cidade e a entrada é livre. Na quinta-feira, o festival arranca no Largo do Apoio, no centro histórico de Barcelos.

«Este “warm-up” está a cargo de Manuel Melo, radialista local e autor de um dos programas de rádio mais antigos do país – Sinfonias de Aço, na Rádio Barcelos», refere Leonel Miranda.

Já na sexta-feira, Insdomena, Quadra, Johnny Sem Dente & os Jatfodo e Solar Corona sobem a palco, que termina com o dj set da dupla local Bubaloo’s.

O último dia arranca durante a tarde, com os barcelenses Burney Relief e DJ Vassouras.

«Os espetáculos realizam-se na Poça da Veiga, em Roriz, um espaço de natureza que recebe concertos pela primeira vez», frisa Leonel Miranda. À noite, o rock retorna ao quartel general. O Largo do Souto recebe Mr. Mojo, Gator, the Alligator, Mr. Gallini & the Eggz e Putan Club. A festa termina ao som de um dj set conduzido por Lovers&Lollypops e Dedos Bionicos.

50% do festival é made in Barcelos

«Isto representa uma vontade da organização em dar palco a estas bandas, mas, acima de tudo, por reconhecermos o valor delas. Se são boas o suficiente para percorrer os melhores festivais nacionais, porque não estarem no Souto Rock também?», aponta ainda Leonel Miranda, que espera um grande festival em Roriz.





Notícias relacionadas


Scroll Up