Vídeo: ADAAVv

Apenas sobreviveram dois.

Nuno Cerqueira
20 Maio 2019

 

A Associação para a Defesa dos Animais e Ambiente de Vila Verde (ADAAVV) revelou hoje imagens de um resgate de seis cães, recém-nascidos, e encontrados num contentor subterrâneo público de recolha do lixo pelos funcionários da Câmara Municipal de Vila Verde.

Os animais estavam no interior de um saco de lixo atado.

«As imagens deste vídeo falam por si só. Infelizmente cabe-nos a nós dar-vos a conhecer mais um crime, em pleno dia, feito por alguém que conseguiu sair impune», lê-se em nota publicada nas redes sociais pela ADAAVV.

Os funcionários foram surpreendidos pelo achado numa operação de rotina de recolha do lixo. O latidos dos cachorros levou a que um dos funcionários entrasse no interior do contentor subterrâneo. Este acabou por encontrar um saco do lixo, fechado, com seis cachorros no interior.

«Dentro do saco, como se pode ver, estavam seis cães. Dois deles já mortos. O bebés foram nos entregues no nosso abrigo, mais dois morreram pelo caminho», revela ainda a ADAAVV, acrescentando que «neste momento temos dois seres a lutarem pela vida e que precisam de ser amamentados a biberão».

A ADAAVV apelou ainda à «urgente adoção» dos cachorros que sobreviveram.

«Relembramos que, quem, sem motivo legítimo, infligir dor, sofrimento ou quaisquer outros maus tratos físicos a um animal de companhia é punido com pena de prisão até um ano ou com pena de multa até 120 dias. Importa referir que a moldura de tal pena pode aumentar, respectivamente, até dois anos ou até 240 dias, caso a ação resulte na morte do animal, privação de importante órgão ou membro ou afectação grave e permanente da sua capacidade de locomoção», recorda aquela associação de defesa dos animais.


Outros Vídeos

Scroll Up