Fotografia: DR
FICIS vai ao Brasil partilhar “inteligência” do quadrilátero

Ainda o FICIS.

Nuno Cerqueira
18 Mai 2019

As iniciativas sustentáveis de cidades portuguesas que se estão a afirmar como Smart Cities vão cruzar o oceano Atlântico e ser partilhadas no Brasil, no âmbito do Congresso Internacional de Sustentabilidade – CICLOS, que se realiza nos próximos dias 23 e 24 de maio no Centro de Congressos do Pantanal, em Cuiabá, Mato Grosso.

A convite do Centro Sebrae de Referência em Sustentabilidade (CSS), a diretora executiva do Fórum Internacional das Comunidades Inteligentes e Sustentáveis (FICIS), Ana Fragata, vai participar enquanto oradora no evento, integrando um painel dedicado às ‘Cidades Inteligentes e Sustentáveis’, que tem como objetivo a partilha de casos nacionais e internacionais de como as cidades estão a praticar a sustentabilidade a partir de inovação e tecnologias.

A diretora do FICIS, evento que desde 2015 se realiza anualmente em Braga e cuja 6ª edição está já assegurada para 2020, vai ainda participar num outro painel, denominado ‘Encontro de Gestores Públicos e Cidades Empreendedoras’.

Neste painel, Ana Fragata vai apresentar a prefeitos e representantes de municípios brasileiros case studies de cidades portuguesas que apostam estrategicamente na implementação de soluções inteligentes e sustentáveis, nomeadamente Barcelos, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão, as quatro cidades do quadrilátero urbano.

«O caso de Barcelos, que tem realizado uma aposta estruturada e contínua na área da mobilidade, através da implementação, de raíz, de uma rede urbana de transporte rodoviário e da criação de uma rede de vias cicláveis na zona densa da cidade, será um exemplo entre vários que terei oportunidade de destacar, perante uma audiência repleta de responsáveis com efetiva capacidade de decisão em diversos municípios brasileiros», adianta Ana Fragata.

O Congresso Internacional de Sustentabilidade – CICLOS, onde vão participar oradores oriundos da Áustria, Brasil, Butão, Finlândia, Israel e Itália, realiza-se bianualmente, concentrando as atenções de instituições de ensino e investigação, órgãos governamentais e não governamentais, empresários e membros destacados da sociedade brasileira.

Refira-se que o CSS é a Unidade de Referência Brasileira do Sistema Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Pequenas e Micro Empresas) e tem como propósito a implementação de estratégias de gestão sustentável e de conhecimento ao nível da sustentabilidade ambiental, social e económica.




Notícias relacionadas


Scroll Up