Fotografia: DM

Casas do Conhecimento unidas pela criação de massa crítica

As sessões decorrerão na terceira quarta-feira de cada mês, das 17h30 às 19h00. A primeira, a 19 de junho, decorre em Azurém, Guimarães.

Rita Cunha
9 Mai 2019

Constituir uma comunidade cada vez mais alargada de leitores, que permita criar massa crítica e promover escritores contemporâneos nacionais, é um dos objetivos da 1.ª edição da Comunidade de Leitores da Rede Casas de Conhecimento, que foi hoje apresentada na Universidade do Minho e que junta, para além da academia minhota, os municípios de Vila Verde, Paredes de Coura, Boticas e Montalegre.

Trata-se de um projeto que arranca no próximo mês de junho e que inclui, até ao final do ano, seis encontros informais entre pessoas de contextos e origens diversificadas, promovendo-se a reflexão e a partilha entre a comunidade académica e a sociedade civil.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up