Vídeo: Nuno Cerqueira

Câmara de Barcelos mostrou trabalhos de recuperação do rio Cávado e lagoas em Areias de Vilar.

Nuno Cerqueira
8 Maio 2019

 

A administradora da região hidrográfica do norte da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Inês Andrade, visitou hoje o projeto de erradicação de jacintos do rio Cávado e mostrou-se impressionada com a beleza, não só do rio Cávado, mas também das Lagoas de Caíde.

Inês Andrade não tem dúvidas em referir que a recuperação da lagoas é para continuar e até referiu que é um projeto prioritário.

«É um trabalho notável e dentro do que são as possibilidades da APA, vamos apoiar Barcelos neste esforço excecional», destacou a administradora.

Os apoios podem chegar via contrato inter-administrativa ou um protocolo.

«Estamos sempre dependentes da dotação financeira que temos, mas levo daqui boas notas para o conselho direto da APA para conseguirmos um apoio o mais depressa possível», apontou, admitindo que «os recursos financeiros não são infinitos».

Segundo nota da Câmara de Barcelos, através do vereador do Ambiente, José Beleza, a praga está controlada, mas o processo de recuperação do rio Cávado é contínuo.

«As infestantes estão controladas. Um trabalho que começou em 2017. Queremos um Cávado recuperado e, em especial, colocar ao usufruto de todos as Lagoas de Caíde», disse o autarca.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]

 

 

 


Outros Vídeos

Scroll Up