Fotografia: Avelino Lima

Solução para o Nó de Infias pode chegar aos 18 milhões

Câmara de Braga reivindica que seja o Estado a pagar a operação.

Joaquim Martins Fernandes
30 Abr 2019

A solução para os problemas rodoviários no Nó de Infias, em Braga, exige um investimento conjugado com a Variante do Cávado.

O custo da intervenção pode chegar aos 18 milhões de euros e a Câmara de Braga reivindica que seja o Estado a pagar a operação.

A solução para os problemas rodoviários no Nó de Infias exige um investimento conjugado com a Variante do Cávado. O custo da intervenção pode chegar aos 18 milhões de euros e a Câmara Municipal de Braga reivindica que seja o Estado a pagar a operação, não só pela dimensão dos valores envolvidos, mas também porque se trata de uma questão que envolve vários municípios.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up