Fotografia: DR

Instrumentos musicais chineses em exposição na Universidade do Minho

Mais de meia centena de peças expostas, desde réplicas de instrumentos do marquês Yi de Zeng a instrumentos de minorias étnicas chinesas.

Rita Cunha
26 Abr 2019

A galeria do Largo do Paço, no centro de Braga, acolhe até 31 de maio a mostra “Instrumentos Musicais Chineses”.

O espólio inclui mais de meia centena de peças, como réplicas de instrumentos do marquês Yi de Zeng (século V a.C.) e instrumentos de minorias étnicas chinesas.

Trata-se de uma mostra organizada pelo Instituto Confúcio da Universidade do Minho (ICUM), com apoio da Reitoria e do Centro Científico e Cultural de Macau e comissariada por Paulo Sá Machado.

Esta exposição contempla um programa paralelo que inclui um concerto de música de câmara chinesa pelo Ensemble de Cheong Hong de Macau, a 9 de maio, às 18h00, no salão nobre da Reitoria da UMinho e aberto ao público.

De destacar, ainda, a realização de ateliês de instrumentos musicais chineses entre 13 e 17 de maio, destinados a alunos a partir do 2.º ciclo, associações culturais e à comunidade em geral.

Sob a mesma temática, o ICUM vai apoiar a 4ª Conferência de Lisboa, nos dias 6 e 7 de maio, no Centro Científico e Cultural de Macau.





Notícias relacionadas


Scroll Up