Fotografia: Nuno Cerqueira
Pulseira eletrónica para detidos de violência doméstica

Casos em Vieira do Minho e Braga.

Redação
13 Abr 2019

O Comando Territorial de Braga, através no Núcleo de Investigação e de Apoio a Vitima Especificas (NIAVE) de Braga, anunciou hoje que deteve dois homens, com 61 e 80 anos, pelo crime de violência doméstica, nos concelhos de Braga e de Vieira do Minho.

O homem de 61 anos foi detido no dia 11 de abril, no concelho de Braga, na sequência de um mandado que resultou da investigação que durou cerca de um mês, onde a vítima, uma mulher de 57 anos, ex-companheira do agressor, era perseguida, ameaçada e agredida fisicamente, mesmo nos últimos dois anos, após a separação.

Já em Vieira do Minho um homem com 80 anos foi detido na sequência do cumprimento de um outro mandado que resultou de uma investigação, efetuada durante uma semana, onde se apurou que a vítima, uma mulher de 60 anos, ex-companheira do suspeito, era também perseguida, ameaçada e agredida fisicamente.

Durante as diligências foi apreendia uma arma de fogo.

Os detidos após terem sido presentes ao Tribunal Judicial Barcelos, ficaram sujeitos à medida de coação de proibição de contacto com as vítimas, por qualquer meio, e de afastamento das mesmas, medida esta controlada através de pulseira eletrónica.




Notícias relacionadas


Scroll Up