Fotografia: Jorge Oliveira

Arcos de Valdevez recebe artistas do “Desencaminharte”

Dez autores criaram obras de arte em locais singulares dos municípios do Alto Minho.

Redação
7 Abr 2019

A edição de 2018 do “Desencaminharte” chega hoje ao fim, às 16h00, na Casa das Artes de Arcos de Valdevez, com um evento que inclui a estreia de um filme de Miguel C. Tavares, uma construção visual e sonora a partir das obras realizadas, seguida de um debate com os dez autores dos projetos e a apresentação do livro “Arte aplicada ao Lugar – Desencaminharte 2018”.

Moderada por Laura Castro, a conversa desta tarde com os autores conta com a participação de Fernanda Fragateiro, FAHR 021.3, depA, STILL urban design + Miguel Seabra, Dalila Gonçalves, Pablo Pita, André Banha, Barão-Hutter, João Mendes Ribeiro e Gabriela Albergaria.

O evento termina com o lançamento do livro “Arte aplicada ao lugar – Desencaminharte 2018” que, mais do que um catálogo, pretende ser uma viagem pelo território e uma oportunidade de reflexão sobre as premissas lançadas. Neste sentido, foram convidados Laura Castro, Mariana Pestana e Valter Hugo Mãe para que, com contributos distintos, mas complementares, escrevessem os ensaios que completam assim o retrato desta edição.

Recorde-se que dez autores foram desafiados a intervir na paisagem singular de cada um dos dez municípios no Alto Minho. A partir de uma leitura sensível e afetiva do lugar, estas obras proporcionam um diálogo aberto entre território, arte, cultura e população.

O projeto, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho e programado pelo coletivo HODOS, visa fomentar a criação artística na região.





Notícias relacionadas


Scroll Up