Fotografia: Estúdios Lima/Vila Verde

Presidente do Conselho de Arbitragem da FPF fez participação de António Salvador

Devido ás declarações proferidas pelo presidente do Sporting Clube de Braga após o jogo de ontem frente ao FC Porto, a contar para a 2.ª mão da meia final da Taça de Portugal.

Luís Filipe Silva
3 Abr 2019

O presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fontela Gomes, apresentou hoje ao Conselho de Disciplina (CD) sobre as declarações proferidas por António Salvador no final do jogo de ontem, frente ao FC Porto.

Fontela Gomes exige que o presidente dos arsenalistas que envie os indícios ou provas de existência de criminosos no futebol e na arbitragem, para que as possa comunicar às autoridades com competência para as investigar.

«A deputada Ana Gomes disse ontem [segunda-feira] que há muitos criminosos infiltrados na justiça. Eu diria que há muitos mais criminosos infiltrados noutros setores: no desporto, no futebol, na arbitragem. O que vimos aqui hoje [na terça-feira] é lamentável para o futebol português», disse, então, o líder bracarense no final do jogo de ontem frente ao FC Porto.

 

 





Notícias relacionadas


Scroll Up