Fotografia: Avelino Lima

Março de Sabores do Mar distingue participantes com críticas à Comissão Nacional de Eleições

Esposende entregou prémios aos participantes da XX edição do evento gastronómico que animou o mês de março no concelho

Alexandre Gonzaga
2 Abr 2019

O Município de Esposende realizou a sessão de entrega de diplomas e prémios aos participantes do evento gastronómico “Março com Sabores do Mar”.

À margem da cerimónia, que reuniu os restaurantes e cozinheiros aderentes, o presidente da Câmara Municipal criticou a nota informativa da CNE, divulgada no início de março, que proíbe a publicidade institucional por parte dos órgãos do Estado e da Administração Pública de atos, programas, obras ou serviços, salvo em caso de grave e urgente necessidade pública, desde o dia da marcação (26 de fevereiro) da eleições europeias.

«Vivemos num país em que era suposto termos conquistado alguma liberdade, em abril de 1974. Não sei onde vai parar a nossa sociedade. O que é que eu tenho a ver com eleições europeias? Por que é que eu não posso qualificar, adjetivar uma iniciativa desta natureza e tenho de me limitar a não dizer nada, a não fazer nada», questionou Benjamim Pereira, que, durante o seu discurso, já mostrara algum desconforto.

Cuidadoso nas afirmaçoes proferidas aos jornalistas no final do evento, não deixou de classificar Portugal como «um país anedótico».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up