Fotografia: Nuno Cerqueira

Nem o “Tibete português” escapa aos incêndios

O território arcuense no PNPG tem estado também arder.

Nuno Cerqueira
29 Mar 2019

O concelho dos Arcos de Valdevez está há vários dias “debaixo” de fogo e nem o “Tibete português” em Sistelo escapa às chamas. Hoje aquela concelho regista três incêndio com um total de 70 operacionais no teatro de operações entre bombeiros e GIPS, que têm recebido apoio de dois meios aéreos.

Segundo apurou o Diário do Minho, também o território arcuense que está dentro do Parque Nacional da Peneda Gerês, na zona da Gavieira e de Cabreiro têm sofrido vários incêndios desde há quatro dias.

A situação é complexa, sendo que as intervenções de combate às chamas são quase sucessivas face às inúmeras ocorrências de incêndio registados no concelho.

Os incêndios de Aguiã e Cabreiro estão com frentes ativas e são os locais mais críticos, sendo que no teatro de operações estão dois meios aéreos.





Notícias relacionadas


Scroll Up