Fotografia: Nuno Cerqueira
Apreensão de armas por violência doméstica em Cabeceiras de Basto

Além da apreensão de quatro armas, a GNR apreendeu ainda 412 munições.

Nuno Cerqueira
21 Mar 2019

O Comando Territorial de Braga, através do Posto Territorial de Cabeceiras de Bastos, anunciou hoje a detenção de um homem, com 47 anos de idade, no âmbito de um processo de violência doméstica por posse ilegal de arma em Cabeceiras de Basto.

«A investigação teve origem numa denúncia por violência doméstica, efetuada há cerca de um mês», disse a GNR, acrescentando que a vítima, uma mulher 43 anos, após o termo da relação com o seu ex-companheiro agressor, «era ameaçada através das redes sociais, com recurso e exposição de armas de fogo».

Da investigação resultou o cumprimento de um mandado de busca domiciliária, à residência do suspeito, tendo sido apreendido uma arma ilegal, uma vez que se tratava de uma pistola de alarme transformada em arma de fogo calibre 6,35mm, duas caçadeiras, uma arma de ar comprimido e um aerossol de defesa – gás pimenta.

«Ainda apreendemos 412 munições de vários calibres», confirmou ainda esta autoridade militar.

A GNR apurou ainda que o visado, para além de ser detentor de uma arma ilegal, o mesmo não possui licença de uso e porte de arma e que as armas não têm qualquer documentação.

O suspeito está, neste momento, a ser presente no Tribunal Judicial de Guimarães, para aplicação de medidas de coação.




Notícias relacionadas


Scroll Up